• Margarida Ferreira Pinto

Posso ir à praia durante a pandemia da doença COVID-19?

Atualizado: Mai 23


Começam os dias de calor e com eles vem também a vontade de ir à praia.

Mas depois de termos sido bombardeados tantos dias com informação sobre a necessidade de confinamento e os riscos que corremos ao sair de casa, é natural que nos surjam várias dúvidas:


Estarão reunidas as condições para ir à praia? Quais as regras que temos de cumprir?


De acordo com o Comunicado do Conselho de Ministros de 15 de Maio: “Foi aprovado o decreto lei que estabelece o regime excecional e temporário aplicável à ocupação e utilização das praias para a época balnear 2020, definindo as regras relativas à circulação nos acessos, às instalações balneares e à ocupação do areal, de forma a respeitar o distanciamento físico recomendado, nomeadamente:

Quais as regras para aceder às praias?

“É determinado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) a capacidade de ocupação das praias de banhos, para garantir a segurança dos utentes e a proteção da saúde pública, sendo disponibilizada informação atualizada em tempo real (app ou site) sobre o estado de ocupação das praias.

- as entidades concessionárias devem sinalizar o estado de ocupação das praias de banhos utilizando sinalética tipo semáforo (Verde – ocupação baixa; Amarelo – ocupação elevada; Vermelho – ocupação plena);

- devem ser definidos sentidos únicos de circulação nas zonas de passagem de acesso às praias e distanciamento de 2 metros, bem como nas passadeiras, paredão, marginal e calçadão.”

O que devemos cumprir para utilizar o areal?

Está estabelecida a distância de 1,5 metros entre cada utente, exceto se integrar o mesmo grupo, e a distância de 3 metros entre chapéus de sol (entre utentes que não no mesmo grupo);

- nas áreas concessionadas deve ser assegurado o afastamento de, pelo menos, 3 metros entre toldos ou colmos; e de 1 metro e meio entre os limites das barracas;

- pode ser autorizado o alargamento excecional da área concessionada definida para a colocação de toldos, colmos e barracas, atendendo à necessidade de manter o distanciamento, até 2/3 da área útil da praia, limitando-se o aluguer destes equipamentos a dois períodos do dia (o da manhã até às 13h30 e o da tarde, a partir das 14h).

- a área destinada a esplanadas pode ser aumentada, a autorizar pelas autoridades competentes, não podendo inferir com outros usos.

- devem definir um manual de procedimentos para trabalhadores utentes"

Como funcionará o estacionamento junto às praias?

Fica interdito o estacionamento fora dos parques e zonas de estacionamento licenciados para o efeito, a permanência de autocaravanas ou similares nos parques e zonas de estacionamento, e a utilização de quaisquer equipamentos de uso colectivo, nomeadamente gaivotas, escorregas, chuveiros interiores de corpo ou de pés, e outras estruturas similares.”

Quais as regras dos postos de primeiros socorros?

“Os postos de primeiros socorros devem estar dotados com termómetros e EPI, e compreender uma área destinada ao isolamento de caso suspeitos da doença COVID-19.”

A venda ambulante nas praias é permitida?

“A venda ambulante é permitida desde que respeitadas as regras e orientações de higiene e segurança definida pelas autoridades de saúde.”


Como garantirão a divulgação das regras?

“A APA e as autarquias locais devem promover campanhas de informação e sensibilização que garantam a divulgação das regras, de forma clara e simples, relativas à ocupação segura das praias”

Não sabemos como será o futuro e se os portugueses irão cumprir as regras estipuladas para o acesso às praias ou se, na verdade, optarão por ficar em casa.


Mas a verdade é que ainda estamos todos a aprender a lidar com este vírus.

Façamo-lo com calma e sempre com muita esperança.

  • Facebook ícone social
  • Instagram